Login Form

Newsletter Module

Top Panel
terça, 24 outubro 2017

Galeria Fotográfica da Corrida de Toiros por ocasião das ...
Mais
Prev Next

Cooperativa Agricola da Granja

Com uma área geográfica que abrange todas as freguesias do concelho de Mourão e, ainda, as Freguesias de Amareleja e Póvoa de S. Miguel, do Concelho de Moura, distingue-se pela excelente qualidade dos seus vinhos, e também pela excelente qualidade do seu Azeite. O Granja – Amareleja, Terras de Suão, (Vinhos DOC – Denominação de Origem Controlada), o Terras de Cante, vinho regional alentejano envelhecido em casca de Carvalho, portal de S. Braz e o Encostas de Alqueva, vinhos regionais Alentejanos, e o Sete Freguesias, um vinho de mesa, já lhe valeram diversas menções honrosas e medalhas de ouro. A nível nacional foram consagrados com 4 medalhas de ouro e igual número de medalhas de prata, bem como com várias menções honrosas. Internacionalmente, conseguiram arrecadar por uma vez o título de campeão mundial e receber um medalhão de ouro. Em seis exposições receberam medalhas de ouro, noutras quatro medalhas de prata e por duas vezes foram distinguidos com diplomas de honra, sem esquecer diversas menções honrosas. Os vinhos são produzidos a partir de um limitado e seleccionado número de castas regionais, servindo-se de alguma tecnologia simultaneamente regional e inovadora. Esta é, então, constituída por cinco distintas secções: a Adega, o lagar, o Parque de Máquinas, a mutua de gados e o aprovisionamento. Este sucesso frequente deve-se ao esforço de homens notáveis que, desde 1952, têm vindo a contribuir para o crescimento sustentado desta Cooperativa, destacando-se os sócios fundadores:

André Fernandes Rosa; Joaquim Ramalho Pinto;
António da Silva Bonito; José Joaquim Eufrázio;
António Ramalho Madruga; José Leal Rosado Fernandes;
Augusto Guerra Ravasco; José Leal Segurado;
Belchior Gomes Pimenta; José Nunes Valadas;
Francisco Saraiva; Manuel Bernardo Bação;
João de Azevedo Banha; Manuel Bonito Farinha;
João Gomes Madruga Pimenta; Manuel Carapinha Pinto;
João Segurado; Manuel dos Santos Godinho;
João Segurado Madruga; Manuel Monteiro Caetano;
Joaquim António Banha; Manuel Nunes Paias;
Joaquim Bação e Bação; Manuel Rosado Fernandes;
Joaquim dos Santos Apóstolo Godinho; Martinho Leal Domingues;
Joaquim Freire Lavado; Martinho Nunes Domingues;
Joaquim Leonardo Bação; Vital de Matos Segurado.
Joaquim Matos;  

Os órgão sociais actuais são os seguintes:

 

Assembleia Geral:  
Presidente
José António Bravo Frasco
Vice-Presidente
Agostinho Ramos Barradas
Secretário
José Pinto Pato
   
Direcção:  
Presidente
Manuel Martinho Franco Lavaredas Bio
Secretário
Sociedade Agrícola JMB & MEB Sociedade Agrícola, Lda. – representada pelo Sr. Domingos Nobre Ramalho Palma
Tesoureiro
João Marujo Lopes
Vogal
António Maria Antunes
Vogal
José Francisco Simões Patrício
1º Suplente
Martinho Ramalho Lavado
2º Suplente
João Pereira da Rosa
3º Suplente
Manuel Pais Costa
4º Suplente
Amadeu da Conceição Lopes
5º Suplente
José da Conceição Fernandes
   
Conselho Fiscal:  
Presidente
Reinaldo Paixão Baptista
Vogal
Pedro Miguel Marques da Silva Vogado
Vogal
João Maria do Carmo

A nível dos Azeites, cabe-nos referir que a sua implementação ocorreu no ano de 1952, ainda funcionando com o sistema de varas, sendo ajustado em 1981 com o respectivo sistema eléctrico sendo mais tarde, mais propriamente em 2001, equipado com sistema de linhas a duas fases. De salientar que os azeites produzidos pela Cooperativa Agrícola de Granja, C.R.L. já arrecadaram um 2º lugar a nível Nacional.

 

 

Classifique este item
(0 votos)