June 27, 2022

Chás/Mezinhas

Outras das crenças da nossa Freguesia é o recurso á medicina tradicional, para a cura dos mais diversos males, como exemplo disso deixamo-vos algumas receitas de chás e mezinhas “tradicionais”:

Chás

• Fígado – Hipericão, raiz de sete sangrias, flor de carqueja e dente de leão;

• Estômago – Erva-cidreira, hortelã, pimenta e salsaparrilha;

• Intestinos – Linhaça em grão, malvas, alecrim, erva cavalinho e urtiga-branca;

• Tosse – Raiz de hortelã branca, poejos e raiz de funcho;

• Tensão Alta – Cinco folhas de oliveira, alecrim e alpista;

• Nervos – Camomila, tília, flor de laranjeira;

• Diabetes – Raiz de salsa e erva preta;

• Queda do Cabelo – Alecrim, estêvão macho e folhas de marmeleiro;

• Constipações e febre – Poejos, salsa brava e salsaparrilha.

Mezinhas

– Hemorroidal – Banhos com malvas e casca de romã;

– Vista inflamada – banhos de chá de flor de rosas do campo, flor de alecrim, flor de malva e marmeleiro;

– Cicatrização de feridas – Banhos com folhas de marmeleiro;

– Controlar a tensão arterial – Chá de oliveira, (coloca-se meio litro de água a ferver e junta-se uma casquinha de limão e treze folhas de oliveira);

– Infecção Urinária e Lombrigas – chá de hortelã (põe-se água a ferver juntamente com cinco folhinhas de hortelã e deixa-se ferver, para depois se beber bem quente);

– Queimaduras – Lava-se banha em três águas e bate-se, em seguida, com uma colher de pau, de forma a obter-se uma espécie de pomada; Deve aplicar-se três vezes ao dia sobre a zona afectada;

– Dores de cabeça – Cortam-se algumas rodelas de batata e colocam-se em vinagre e depois na cabeça, atada com um lenço; posteriormente dissolve-se um pouco de mostarda numa bacia de água quente e metem-se os pés lá dentro.

Voltar